dBWave – Consultoria em Acústica e Vibrações

 

Criar e projetar a presença digital da multinacional portuguesa especialista em acústica e vibrações

 

A dBwave.i Acoustic Engineering é um empresa portuguesa especializada em Acústica e Vibrações.  Com operação internacional, e escritórios em  diversos países, é líder de mercado nas áreas dos Ensaios, Acções Correctivas e Estudos e Projectos. Para além de serviços de consultoria, possui Laboratório de Ruído e Vibrações com diversos ensaios acreditados de acordo com a ISO17025.

 

Fundada em 2014, resulta da fusão do dBLab – Acústica, Vibrações e Ambiente, Lda, e do LabRV – Laboratório de Ruído e Vibrações do ISQ, duas entidades distintas com largas dezenas de anos de existência.

Associa assim a mais conceituada empresa de consultoria, projecto e análise de campo de Ruído e Vibrações da Península Ibérica, com o maior laboratório da mesma, para se tornar na maior e mais abrangente empresa no sector.

Com uma equipa sénior, composta por especialistas com mais de 20 anos de experiência e reconhecimento internacional, tem em portfolio projetos emblemáticos, como a otimização acústica em aeroportos, para redução do ruído em populações nas áreas envolventes, os mapas de ruído municipais e de infraestruturas de transporte, a otimização de isolamento acústico em salas de espetáculos ou ainda a redução de ruído e vibrações em instalações industriais.

 

 

Os Desafios

 

O leque de potenciais clientes

A dBWave possui uma gama alargada de serviços, endereçando não só clientes empresariais de todas as dimensões (de grandes refinarias a aeroportos ou municípios e cidades inteiras, até bares e discotecas) como também clientes particulares ou associações. Há assim vários níveis de familiaridade com a terminologia técnica e normativa ou os processos utilizados.

 

A abrangência geográfica

A dBwave opera em Portugal, Espanha, Angola, Moçambique, Brasil e Cabo Verde. Aqui o desafio coloca-se não só em garantir a coerência do idioma para os vários mercados geográficos, como também em otimizar, para cada um deles, a relevância em motores de busca regionais.

 

Mostrar a diferença

Como distinguir aquela que, objetivamente, é uma empresa de elite no setor em que opera, de qualquer outra.

 

Como o Fizemos

 

1) A perspetiva estratégica

Posicionar corretamente:

Distinguir uma empresa de serviços de elite passa por, antes de mais, dar relevância, por esta ordem:

  1. Resultados Comprovados
  2. Experiência Relevante
  3. Know-how Visível
  4. Capacidade de Entregar
  5. CV da Equipa

É esta a organização do site, do ponto de vista de visibilidade e destaque de conteúdos, promovendo a correta percepção da empresa.

 

Criar valor adicional:

O novo site dbwave.pt, para além de ser a presença online da dBwave, também disponibiliza serviços online para clientes atuais, através de uma área de cliente onde, mediante acesso seguro, têm acesso imediato a todos os certificados e pareceres emitidos pela empresa, podendo ainda fazer pedidos de renovação de certificados ou pareceres. Têm assim a a sua biblioteca digital privada sempre acessível.

 

Potenciar a angariação de clientes:

Adicionalmente, o site foi construído para possibilitar a articulação com campanhas de webmarketing, possuindo templates específicos para landing pages de campanhas adwords, linkedin ou facebook ads.

Associado a isto, e integrado com os formulários de contacto do site, existe ainda um CRM fácil de utilizar, que assegura algumas funções de gestão de cliente.

Naturalmente, tudo isto está integrado com Google Analytics e Search Console, permitindo a recolha e análise de insights importantes sobre fontes de tráfego, comportamento de visitantes, conversões, etc…

 

Endereçar negócio complementar:

Se o site dbwave.pt age como a apresentação da empresa e serviços prestados, para a vertente de comercialização de produtos para ruído e vibrações profissional (sonómetros, dosímetros, analisadores, fontes,…), foi criado o site www.dbi.pt, que funciona como um catálogo online, permitindo consultar com facilidade a oferta disponível e porque é que esta é vantajosa e, em dois cliques, criar uma lista de produtos para obtenção de orçamento. Possui ainda uma zona de suporte ao cliente, para download de drivers, software de apoio, etc…

 

 

2) Na perspectiva do visitante

Simplicidade, intuitividade de navegação, facilidade de descoberta de conteúdo, envolvimento e descoberta. Estes são os drivers para o visitante.

  • Dois níveis de comunicação: ao utilizarmos vários níveis de comunicação e discurso diferenciado ao nível do detalhe técnico vs perspectiva leiga, garante-se conseguir chegar ao leque alargado de clientes. Num primeiro nível há informação mais genérica, sendo possível aceder a informação mais técnica e de maior detalhe a partir deste
  • Multi-idioma ajustado ao mercado: o site existe em quatro idiomas, relacionando-se com os principais mercados onde a empresa opera. Adicionalmente, possui parametrização de SEO específica por idioma, permitindo assim o melhor posicionamento em motores de busca.
  • Responsive e mobile-first: hoje em dia o acesso à web é cada vez mais feito por dispositivos móveis. Por isso o site é responsive, funcionando e adaptando-se automaticamente a todo o tipo de dispositivos de acesso, estando por isso preparado para funcionar em PC’s, tablets, smartphones e TV.
    Não só o design e multimédia se adaptam automaticamente ao dispositivo que está a aceder, como também a organização e navegação no site é dirigida ao dispositivo de acesso. Isto significa, por exemplo, que na versão desktop uma página pode ter um “slider” completo com produtos, na versão tablet ter uma versão simplificada e na de telemóvel o contacto da sua empresa é a primeira informação, antes dos produtos.
  • Maximizar a duração da visita pelo relacionamento inteligente de conteúdo: de nada serve ter o conteúdo se este não for descoberto pelos visitantes. Assim, o site recorre à classificação inteligente de conteúdo (categorias ou “taxonomias”)  que permitem aos visitantes a fácil navegação pelo conteúdo e a apresentação de conteúdo relevante ao tópico em que se encontram. Este processo é automático, potenciando a descoberta de conteúdo e permitindo a organização do mesmo numa lógica de “content siloing“.
  • Potenciar a interação: não só o conteúdo dinâmico prevê a possibilidade de comentar, interagir ou partilhar em redes sociais, como também os formulários de contacto são pensados para minimizar as barreiras, sendo curtos, concisos e fáceis de aceder. Adicionalmente, a newsletter automática do site permite receber novidades sempre que disponíveis, sem ser intrusiva.
  • Máximo de três cliques: qualquer conteúdo (incluindo conteúdo relacionado ou de potencial interesse parao visitante) está, no máximo, a três cliques de distância. Adicionalmente, existe pesquisa instantânea inteligente sempre a um clique.

 

3) Na perspectiva da gestão do site

Simplicidade e facilidade de utilização.

  • Um gestor de conteúdos seguro, flexível e intuitivo: de pouco serve ter um site se este não puder ser atualizado com faclidade pela equipa da empresa. Assim,o gestor de conteúdos incorpora um BackOffice de gestão e edição muito intuitivo, com navegação clara pelos diversos tipos de conteúdo, extensas funcionalidades de filtragem e pesquisa, e acesso direto a todas as funcionalidades do site, quer através do BackOffice, quer através da barra de edição presente em todas as páginas do site (frontoffice).
  • Tão fácil como usar o word: Para criar ou gerir conteúdos, não são necessários conhecimentos de programação ou html, bastando utilizar o editor incluído, tal como se fosse o Word ou outro editor de texto. Se alguém se enganar, não há problemas, basta recuperar a versão anterior.
    A gestão dos conteúdos é muito simples, bastando escolher onde se quer publicar o artigo e quando se quer que este seja publicado e arquivado.
    O site permite aos utilizadores introduzirem com facilidade imagens, vídeos locais ou remotos (por exemplo, do Youtube) e áudio.
    A edição de conteúdos pode ser feita a partir de qualquer browser ligado à Internet, dando assim a possibilidade de ter colaboradores “no terreno” a publicar conteúdos no momento, até mesmo a partir de telemóvel ou tablet.
  • Conteúdo complexo em modo de “arrastar-e-largar”: o gestor de conteúdos inclui um editor visual de páginas do site, baseado no conceito de “arrastar-e-largar”, permitindo que a atualização do site possa ser feita mesmo por quem não possua conhecimentos técnicos.
    O editor visual inclui múltiplos elementos para, com facilidade, adicionar estruturas complexas, imagens, galerias, mapas Google, iconografia, gráficos, animações, ….
    Assim, é muito simples criar não só conteúdo estático ou baseado em texto, como também blocos complexos de conteúdo multimédia, como galerias, sliders, vídeos ou animações. Também permite a criação de conteúdo complexo dinâmico, como listas de artigos, serviços, mercados ou parceiros em grelhas, sliders, ou formatos masonry, com a atualização dinâmica de conteúdo em tempo real.
    Esta é uma ferramenta de extrema utilidade não só na gestão corrente do site, como também na criação de landing-pages para campanhas de webmarketing permitindo, por exemplo, endereçar clientes de determinadas áreas regionais ou setores de mercado.

  • Amigo dos motores de busca e das redes sociais: em cada página, serviço ou artigo, está incluída a capacidade automática de análise SEO do mesmo e seu ajuste em função dos resultados pretendidos. Este processo funciona automaticamente, mas pode ser ajustado manualmente, com granularidade ao nível do “snippet” de listagens de pesquisa ou resumo em redes sociais, potenciando assim o “click-through rate” nestes casos.
  • Integrado com redes sociais: cada conteúdo existente pode ser republicado manual ou automaticamente para as redes sociais, estando pré-formatado para um resultado ótimo. Adicionalmente, o próprio site pode ser alimentado a partir das redes sociais, criando automaticamente artigos a partir destas.
  • Ajuda na ponta dos dedos: o backoffice, em português, inclui tutoriais e vídeos de ajuda para cada ação ou tarefa que se esteja a realizar. Assim, se houver uma dúvida, a ajuda está a um clique de distância.
  • Sem preocupações com segurança: o site recorre à nossa infraestrutura premium de alojamento, possuindo não só vários níveis de segurança (firewall, anti-virus, anti-hacker), como também monitorização inteligente anti-spam, tudo isto em tempo real. Adicionalmente, o serviço inclui a atualização automática de todos os componentes do site, garantindo a atualidade do mesmo.

 

Resultados:

Faz agora um ano que lançámos os novos sites do ISQ.

No mercados em que opera, o site da dBwave está nos primeiros resultados de pesquisa orgânica google para as palavras chave mais relevantes, estando também na primeira página de resultados para um conjunto mais alargado de termos.

A taxa de rejeições no site (“bounce rate“) em pesquisa orgânica é substancialmente inferior à média do setor, e os tempos de sessão, bem como páginas visitadas, refletem o sucesso da estratégia de manter os visitantes no site, sendo uma importante fonte de leads comerciais para a empresa.

De igual forma, o site dbi.pt (catálogo de produtos), possui um posicionamento concorrencial face a empresas do setor com décadas de presença no mercado, e é um gerador de negócio, o que atesta bem do sucesso da solução.

 

Mínimo de trabalho de gestão do site para um máximo de resultados, reduzida curva de aprendizagem, gestão intuitiva, facilidade de utilização. Para que a empresa se possa focar no seu negócio e o site seja uma ferramenta que ajuda, não que complica.

 

Nas palavras dos responsáveis pelo negócio:

Carlos Aroeira
Com os nossos sites conseguimos chegar aos potenciais clientes de forma eficaz e apresentar a imagem certa da empresa, dos nossos produtos e serviços. São os nossos vendedores digitais, e angariam clientes constantemente, contribuindo para o nosso sucesso e expansão internacional.
Carlos AroeiraDiretor de Marketing e Vendas dBwavePerfil no LinkedIn

Conheça os sites aqui:

https://www.dbwave.pt 

https://www.dbi.pt 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *